old-love Eu sou um sonhador, mas em algum momento nós devemos acordar, por vontade própria ou pela dos outros. Os sonhos são sempre mais belos do que a realidade, ou melhor, as lembranças que os sonhos nos trazem são as mais belas que já vivemos.

Eu vi você escorregar, levantar, te vi dormir, acordar, rir e chorar, e agora onde está? Para onde fugiu? Ou será que fui eu quem escapei? Fui eu que coloquei uma distância infinita entre nós, então?

Será que você também se lembra do que costumávamos ser, será que se lembra do primeiro beijo, do toque suave das mãos, de como os olhares eram furtivos até que tivéssemos a certeza de que um amava ao outro? Você se lembra ou essa é apenas mais uma tolice de um amante sonhador, uma bobagem qualquer de um romântico inveterado que não consegue viver, que não consegue abrir os olhos e ver que mais um dia raiou sem que seu coração esteja apaixonado. Sou viciado em amor, um drogado de emoções, um bêbado de sentimentos intensos. E você é a minha droga, a minha bebida, a minha vontade a todo o instante.

Você conhece os meus medos e eu conheço os seus. Não dá pra fugir, nada é perfeito e nós sabemos que todas as pessoas são cheias de dúvidas, inclusive eu e você. Mas será que você se lembra de mim?

O alguém com quem você está nesse momento estremece a cada toque seu? Ele sente o corpo inteiro vibrar quando sente sua pele se aproximando? Eu sinto… basta um olhar a uma simples foto ou a tua lembrança para que eu me arrepie, deseje, ame cada vez mais.

Eu quero ser o pai de seus filhos, o seu namorado eterno. Quero te paquerar mesmo depois de 30 anos de casados. Eu não vou conseguir viver sem você, não dá pra seguir em frente quando nos arrancam os pés e a estrada pela qual caminhamos.

Vivemos momentos que nos causam apreensão, tempos nos quais as coisas parecem invertidas e sem sentido. Os relacionamentos se entregam a formas fúteis e passageiras. Assim como trocamos de aparelhos de celulares velhos parecemos conseguir trocar de pessoas, sem olhar para o que elas significam para nós. Os novos tempos assustam, não pela velocidade, mas pela facilidade com que se abandonam pessoas, sentimentos e o nosso próprio passado. Dizem que não se vive de passado, mas é possível viver só de futuro?

Aquilo que nos faz humanos é justamente a capacidade de passear pelas três principais instâncias de tempo, pelo menos em nossa mente: o passado, presente e futuro. Não conseguimos viver plenamente se não degustamos o presente; não se quer continuar vivo se o amanhã não for uma possibilidade de melhora e alegria, uma promessa; e de forma alguma conseguimos viver sem sabermos de nosso passado. Não se pode abandonar o que se é e foi, mudar é permitido, mas não esquecer. Quem se esquece nunca foi e, portanto, não poderá ser diferente; é a maldição de um eterno momento que se prolonga, sem acumular histórias, sentimentos, amores, pessoas, sem ter uma vida enfim…

E desafiando o nosso próprio momento na história, desafiando o espírito do nosso tempo, quero te amar por toda a vida, quero superar as dúvidas e medos ao seu lado. Não digo que não olharei para outras mulheres, não posso te prometer que um outro sorriso faceiro não possa despertar o meu desejo, o que posso prometer é que não cederei a esses desejos passageiros, o que te garanto é que meu coração está blindado para todas que não você.

Quero, afinal, viver, mas unicamente com a oportunidade de me apaixonar por ti repetidas vezes…

 

imagem

Anúncios