Prólogo

anátema prólogo Parabéns por se aliar ao demônio que roubou a própria família e destituiu o próprio irmão de seus direitos. É reconfortante saber que você não quis trabalhar pelas suas próprias mãos e ficou junto com um cara pelo seu dinheiro e aí se viu presa numa rede da qual não consegue sair.

Legal ver que você convenceu sua própria mãe de diversas mentiras e abandonou a família por uma pessoa que só quer roubar tudo que o seu pai construiu, e não estou falando de bens materiais, mas sim de uma família unida.

Agora é melhor fechar os olhos para tudo o que é verdade e se reconfortar com uma conta bancária cheia (mas que você não pode desfrutar porque ele é controlador e egoísta) enquanto ele manda – sim, manda e você obedece – você se livrar de tudo que você gosta em nome de argumentos inválidos criados por aquela cabeça demoníaca… A propósito, já se livrou da cachorrinha inocente que poderia ter matado a família toda? Pois é, mais um argumento fútil para embasar a vontade de um tirano que você suporta e apoia…

Livre-se de tudo o que ele mandar e faça todas as suas vontades e, se for uma boa escrava, terá alguns ossos jogados ao chão.

Felicidades!

Imagem daqui

Anúncios