No corredor do escritório, saindo do banheiro…

“Nossa, M, que sabonete líquido é esse que vocês estão colocando agora no banheiro? Tem uma cor forte, mas o cheiro de fruta é ótimo”.

“Hum… é um sabonete novo que o chefe mandou comprar… (resposta lacônica da faxineira que gosta de “papear” = perigo)”.

“Não gostei da sua cara, que sabonete é esse, M?”

“Não é sabonete não… é Ki-Suco”.

“Como assim, Ki-Suco?”

“É que o chefe escutava a mulherada comentando de como o sabonete era cheiroso e percebeu que ninguém liga se ele limpa mesmo, só se cheira bem… o ‘pózinho’ é mais barato e tem cheiro forte, o pessoal ta adorando!”.

Nem perguntei sobre o álcool em gel para não pegar conjuntivite psicossomática…

Anúncios